Skip to content
Fale com um especialista

A importância da diversidade no ambiente de trabalho

A igualdade de gêneros ainda é um desafio, principalmente em ambientes corporativos. Um dos passos para mudar esse cenário é quebrar tabus e falar sobre temas como diversidade e a participação das mulheres em cargos de liderança.

 

 

Tropical Hub

Temos muito orgulho de fazer parte desse movimento em que a HubSpot apoia: a campanha #QuebreOPreconceito, impulsionado pelo International Women 's Day com a missão de disseminar o conceito de um mundo diverso, equitativo e inclusivo.

De acordo com o relatório de diversidade e inclusão, divulgado pela HubSpot em fevereiro deste ano, os homens compõem 53% da força de trabalho na empresa, enquanto as mulheres ficam em 46,9% dos cargos (0,2% são pessoas que declararam gênero neutro), resultado que nos aproxima da paridade. 

Muito está sendo feito na luta pela diversidade e inclusão nas empresas; e a HubSpot e a Tropical Hub são exemplos disso. A cada dia, percebemos uma diminuição do preconceito, mas algumas situações ainda geram desconforto. Por isso, é indispensável colocar a temática em pauta, manifestar, multiplicar e inspirar.

Se olharmos para o passado, veríamos que a presença feminina nas empresas era praticamente inexistente. Felizmente, esse cenário vem se transformando, embora a representatividade das mulheres ainda seja baixa - principalmente em cargos elevados. Segundo a pesquisa da BR Rating, apenas 3,5% de grandes empresas têm mulheres como CEO. 

Tropical Hub e a cultura da diversidade

Atualmente, a Tropical Hub é composta de 85,3% de mulheres, das quais 77% estão em posições de liderança. Além disso, todos os colaboradores compartilham de habilidades e valores que, historicamente, são tidos como femininos - mas sabemos que esses aspectos independem de gênero. Com uma visão igualitária de competência, a cultura institucional é direcionada com sabedoria, sempre preocupada em promover um ambiente com equilíbrio. Segundo o relatório de diversidade da consultoria McKinsey, equipes com diversidade tomam decisões assertivas 87% das vezes. 

Outra preocupação é a preservação e respeito do lado humano de cada colaborador. É por isso que a sensibilidade é tão fundamental, pois o intuito é compartilhar a cultura do cuidado. Enfim, a equipe Tropical valoriza as potências sem distinções e com empatia.

Entendendo o contexto Tropical Hub e sua liderança feminina

 

Uma das nossas maiores inspirações é nossa CEO, Cris Assis, que enfrenta os desafios da liderança feminina no Brasil com muita energia, afinal, coordena a Tropical Hub mesclando sua sensibilidade à estratégia de gestão e inovação em comunicação. Em um cenário muitas vezes masculino, Cris comenta que já se deparou com preconceitos, mas que espera mudar os olhares através da execução de um bom trabalho e formação de uma equipe de especialistas altamente qualificados e inspirados. Inclusive, esse é um dos papéis que ela mais se preocupa em assumir: acolher cada profissional e promover seu bem-estar, para que as tarefas se tornem mais prazerosas e o convívio entre o time seja leve.

“Sou uma pessoa que valoriza a feminilidade - da sensibilidade à força - e trago esses aspectos para o meu trabalho. Com a posição que ocupo, sinto uma grande responsabilidade em inspirar outras pessoas para que abram suas mentes e enxerguem além das aparências. Sou uma mulher vaidosa, gosto de me enfeitar, além de ser mãe e esposa. Ao mesmo tempo, lidero minha empresa com intuição e empatia. Já enfrentei muitos comentários maldosos por estar no comando - inclusive de outras mulheres - então, minha grande missão é promover a sororidade e provar que o talento, seja para o que for, independe de gênero”. 
- Cris Assis, CEO da Tropical Hub.

Segundo o estudo Mulheres nos Negócios: América Latina, desenvolvido pela Thomas International, os traços de um líder que traz bons resultados não têm a ver com seu gênero, mas com sua personalidade. Ou seja, os principais aspectos registrados na pesquisa foram: resiliência, empatia, intuição, entre outros. Curiosamente, esse perfil é facilmente associado à feminilidade. Dizem que as mulheres são sensitivas e lidam melhor com emoções. De fato, pode acontecer, mas não é regra exclusiva. Por isso, o número de gestores de alto cargo poderia - e deveria - ser igualitário, mas, infelizmente, não é - AINDA. 

Embora a personalidade seja o fator principal para conduzir uma empresa ao sucesso, o tradicionalismo, mesmo que mascarado, ainda permeia o cenário mundial e brasileiro, levando à crença de que há grandes diferenças de gestão entre homens e mulheres. A pesquisa da Thomas International prova que isso não é verdade. Mas afinal, como quebrar o preconceito para além das nossas fronteiras?

Webinar: Desafios da Liderança Feminina no Brasil

Ambientes de trabalho com lideranças femininas vão além de resultados de negócios. Eles abrangem as famílias, as necessidades de saúde emocional dos indivíduos, criam comunidades. Para que isso aconteça, porém, é preciso criar políticas e ações que abracem a realidade das rotinas femininas. 

Pensando nisso, diversas empresas se uniram na campanha #QuebreOPreconceito, entre elas, a HubSpot, que, por sua vez, convidou nossa CEO, Cris Assis, para palestrar no webinar sobre os Desafios da Liderança Feminina no Brasil, afinal, a Tropical Hub é um exemplo de empresa com gestoras e diretoras, além de possuir uma cultura igualitária.

Que tal experimentar a liderança sensitiva?

Celebrar o Dia das Mulheres vai muito além de focar apenas no gênero. A valorização profissional pode romper fronteiras que, até então, estavam estagnadas. Imagine: mais empatia para entender o outro; sensibilidade para perceber situações adversas; delicadeza para lidar com pessoas. Se todos - homens, mulheres e não binários - adotassem essas condutas em suas vidas, o mundo certamente seria mais humano.

 

Implementação HubSpot customizada com especialistas